Páginas

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

A Moral Católica

    
          Para falar-se de moral,em particular para nós católicos,antes de tudo é necessário falar-se da realização humana,que dependem em grande parte das DECISÕES LIVRES e responsáveis das pessoas nelas implicadas.A partir da realidade humana surgem ,quer queira ou não, instâncias normativas,de onde nasce a moral,que procura formar um paralelo das realizações humanas com a consciência moral. Em outras palavras é a forma pela qual os homens tornam-se crescentemente santos e justos pelas obras,ou seja,o progresso espiritual com a cooperação do homem e a vontade divina. A moral é o conjunto das normas que tem como objetivo a perseverança dos homens na justiça. Por isto podemos falar também sobre uma moral cristã,mais especifica,ou seja uma moral católica baseada na reta razão como conteúdo da justiça,pois o justo é igual ao santo.
          A Teologia Moral é a ciência que se ocupa do estudo sistemático dos princípios éticos da doutrina sobrenatural revelada. Ela constrói sua fundamentação e codificação a partir do seu próprio conjunto de valores configurados de acordo com a revelação cristã.
          A moral católica tem como fontes o uso do argumento racional,a relação entre Bíblia,Tradição-Magistério e conhecimento teológico moral,buscando sempre a coerência interna ao conhecimento da teologia,tendo como valor moral supremo a vida Humana em busca de sua realização.
          Os mandamentos de Deus fazem parte da doutrina sobrenatural revelada; São por conseguinte,as normas morais que constituem a base sólida,o fundamento seguro,da doutrina e moral da igreja católica. Um dos grandes desafios para a igreja é ajudar a sociedade e de forma particularmente os cristãos católicos a compreenderem o verdadeiro sentido da lei moral,ou seja,da Moral Católica,para a vida social,pois a desinformação e a incompreensão podem suscitar nas pessoas a indiferença e em certas situações rejeição da Moral Católica. Percebemos que a maioria dos católicos não conhece a sua igreja,a sua essência,e nem os documentos oficiais pertencentes a ela, e o que sabem tem como fonte interpretações da mídia que em sua maioria, quase em sua totalidade apresentam uma análise tendenciosa e falha,destacando somente o que interessa,fazendo maquinações contra a igreja,confundindo as coisas,o que gera polêmica e é de interesse econômico claro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário