Páginas

domingo, 31 de julho de 2011

A presença real de Jesus na Eucaristia



          Muitos Católicos e não-católicos pensam que a Igreja inventou a doutrina da transubstanciação. Transubstanciação significa que o pão e vinho apresentados no altar na Missa, torna-se o Corpo e Sangue de Cristo, pela força do Espírito Santo, na consagração. A consagração é o momento em que o padre chama a presença do Espírito Santo para mudar o pão e vinho no  Corpo e Sangue de Cristo. Entretanto, o Corpo e Sangue mantém a aparência de pão e vinho. A Igreja Católica Romana (Igreja Católica de Rito Latino, e outras Igrejas Católicas em comunhão com o Roma) acredita que a Eucaristia é a Presença Real de Cristo Jesus, corpo, sangue, alma e divindade. As Igrejas Ortodoxas e a maioria das outras Igrejas do Oriente assim também acreditam. Anglicanos [Episcopais] e outras denominações Protestantes têm interpretado a presença de Cristo na celebração do Senhor ou Eucaristia como sendo uma presença unicamente espiritual, ou simbólica, ou não-real.
          Peço a Deus que este texto traga as luzes do alto sobre os católicos que estão afastados da Eucaristia, fazendo com que reconheçam o Mestre no Sagrado Sacramento do altar. Que todos se deixem levar pelo Amor de Deus, pela Fé que tem fielmente sido transmitida por dois mil anos. Peço que o Espírito Santo conceda a você a Fé para crer em Nosso Senhor Jesus Cristo no Sacramento do altar, e que o motive a receber Jesus na Missa e a visitá-lo no sacrário. Ele está pacientemente esperando por você, porque ele o ama e deseja que você venha para a Casa do Pai. Também peço para que este texto motive os não-católicos a se perguntar sobre o Sacramento do altar, para que possam aprender mais sobre o Pão Vivo descido dos céus. Nosso Senhor Jesus Cristo está Realmente presente entre nós, em sua Carne e Sangue, na Sagrada Eucaristia. Peço a Deus que um dia (muito brevemente) vocês, irmãos e irmãs, sejam capazes de experimentar a prazer de receber Jesus na Missa.
          A Presença Real,está defendida pela própria Palavra de Deus Escrita: A Bíblia.
"A taça de benção que nós abençoamos, não é comunhão no sangue de Cristo? O pão que nós partimos, não é comunhão no corpo de Cristo? Porque há um único pão, nós somos muitos em um só corpo, porque nós todos participamos do único pão." (1 Cor 10,16-17)
"Eu recebi do Senhor o que eu também vos transmiti, que o Senhor Jesus na noite quando ele foi traído pegou o pão, e tendo dado graças, ele partiu-o e disse: 'Isto é meu corpo, que e dado por vós; fazei isto em minha memória'. Do mesmo modo, após a ceia, tomou o cálice e disse: 'Este cálice é a Nova Aliança no meu sangue; toda vez que o beberdes, fazei-o em minha memória.' Toda vez que comeis deste pão e bebeis deste cálice, anunciais a morte do Senhor, até que ele venha. Quem quer que, portanto, come o pão ou bebe o cálice do Senhor indignamente, peca contra o corpo e sangue do Senhor." (1 Cor 11,23-27)
“Tomou o pão e depois de ter dado graças,o partiu e deu-lho dizendo : Isto é o meu corpo,que é dado por vós; Fazei isto em memória de mim.” (Lc 22,19)
         Bastariam esses versículos para mostrar que verdadeiramente Jesus se faz pão,e presença na eucaristia, doando seu corpo para comunhão dos fiéis para que tenham vida nele e por ele. Jesus não disse “tomai e come isto é símbolo do meu corpo”, mas sim “isto é o meu corpo fazei isso em minha memória”
         Ele mesmo disse que quem não comer da sua carne e não beber do seu sangue não terá a vida. (Jo 6,53)
          Foi o próprio Jesus que auto intitulou-se pão da vida,e acrescenta que quem crer nele tem a vida eterna. (Jo 6,47-48) Ora caro irmão se você não acredita tudo bem,mas são as próprias palavras de Jesus Cristo. Eu creio, e por crer ele mesmo me garante a vida eterna...... sim, a vida eterna por crer na eucaristia. Continuando seu discurso Jesus afirma que é o pão vivo descido do céu para que não morra todo aquele que dele comer (Jo 6,50-51). Quem acredita e comunga seu corpo e sangue viverá eternamente,e mais uma vez ressalto,não foi o padre,o papa a igreja quem disse ou inventou a transubstanciação,mas sim,são as palavras do próprio cristo. E para encerrar um dos versículos mais bonitos que falam da eucaristia : “Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna;e eu o ressuscitarei no último dia” (Jo 6,54)
Confira as passagens na integra :
“Eu sou o Pão da vida” (Jo 6,48)
|”Este é o pão que desceu do céu,para que não morra todo aquele que dele comer” (Jo 6,50)
“Eu sou o pão vivo que desceu do céu.Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão que eu hei de dar,é a minha carne para a salvação do mundo” (Jo 6,51)
“Então Jesus lhes disse : Em verdade,em verdade vos digo : se não comerdes a carne do filho do homem,e não beberdes o seu sangue,não tereis vida em vós mesmos.(Jo 6,53)

terça-feira, 12 de julho de 2011

Deixe a sua Luz brilhar

 “Assim brilhe a vossa luz diante dos homens”  (Mt 5 : 16)


          O testemunho,a transparência e a maturidade formam um tripé essencial para a boa conduta e formação de um verdadeiro cristão. São várias as situações que encontramos pessoas que se dizem católicos e imitadores de Cristo,que contradizem a essa afirmação. Muitas vezes pessoas de igreja,lideranças ou agentes de pastoral,vivem e dão testemunho contrário ao que pregam. É mais que dever do cristão onde quer que esteja dar testemunho de si mesmo,deixando de lado a hipocrisia e as atitudes de fariseu que tiram de nós a verdade de cristo, colocando mascaras para cobrir a vida dupla que muitas vezes carregamos. Podemos enganar a todos menos a Deus e a nós mesmos. Covardes,nos escondemos atrás do espelho e não temos coragem de nos encarar.As vezes somos uma coisa na frente do padre,da comunidade,das pessoas e da sociedade,mas quando nos encontramos sozinhos em companhia de nós mesmo é que verdadeiramente surge aquilo somos.É preciso nos encontrar e nos fazer algumas perguntas : quem realmente eu sou ? como estou vivendo diante de Deus? Como está brilhando minha luz diante dos homens ?
          Certa vez um homem estava sendo seguido bem de perto por uma mulher apressada,cujo carro estava praticamente colado ao dele. Chegando a um cruzamento,o sinal fica amarelo e ele pisa no freio. A mulher atrás dele tem um ataque e buzina,grita obscenidades e palavrões,fazendo sinais com o dedo. Enquanto ela está falando alto,enfurecida,alguém bate em sua janela,para seu horror ela olha pra cima e vê um policial.Ele a convida a sair do carro,e a leva até a delegacia,onde é revistada,tiram suas impressões digitais e a colocam numa cela. Depois de algumas horas,ela é liberada e o policial que a prendeu lhe entrega seus pertences pessoais e diz : “sinto muito madame.Encostei atrás do seu carro quando a senhora estava buzinando,fazendo sinais feios e falando aquelas palavras de baixo calão. Observei o adesivo do pára-choques que dizia “Sou de Jesus”,o suporte da placa que dizia “escolha a vida”,o adesivo na janela que dizia “Sou catequista graças a Deus” e o emblema com a palavra PAZ em seu porta-malas,então,naturalmente presumi que a senhora tivesse roubado aquele carro”. Meus irmãos é obvio que ele estava seguindo uma cristã que não estava dando testemunho de si mesma no seu seguimento a Cristo.
         O mundo esta cheio de pessoas que Têm adesivos cristãos em seus carros,livros cristãos em suas estantes,estações cristãs em seus rádios e TV’s,jóias cristãs em seus pescoços,vídeos cristãos para seus filhos etc... mas que não tem Jesus entranhado em seus ossos e nem o amor de Cristo em seus corações. Qual é a resposta? “Assim brilhe a vossa luz diante dos homens,para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai que está nos céus” (Mt 5:16).

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Reconciliai-vos

“O Senhor pedoou o seu pecado...”
2 Sm 12:13



          Não faz sentido pedir a Deus outras coisas quando nós ainda não acertamos as contas com aqueles a quem precisamos perdoar,ou pedir perdão. Jesus disse: “...Se você estiver apresentando sua oferta diante do altar e ali se lembrar de que seu irmão tem algo contra você,deixe sua oferta ali,diante do altar,e vá primeiro reconciliar-se com seu irmão;depois volte e apresente sua oferta. Entre em acordo depressa com o teu adversário, enquanto estás em caminho com ele, para que não suceda que te entregue ao juiz, e o juiz te entregue ao seu ministro e sejas posto em prisão.Em verdade te digo: dali não sairás antes de teres pago o último centavo.”(Mt 5 : 23-26). Não seja guiado pelo seu ego ferido,mas pela palavra de Deus.
          Você pode até dizer : ‘mas a pessoa com que eu tinha problemas não está mais perto. Nem ouço mais falar dela,mas no meu coração isso ainda me perturba’. Nesse caso,a bíblia diz : “confessai os vossos pecados uns aos outros e orai uns pelos outros para serdes curados.”  (Tg 5:16) Ou seja busque o sacramento da penitencia,compartilhando seus sentimentos com alguém de confiança que é o sacerdote,e ore,converse com Deus para conseguir a paz de espírito que você procura,e o mais importante,arrependa-se do fundo do seu coração e ame,ame profundamente,para poder aprender a perdoar. Vejamos um exemplo bem prático que se encontra na bíblia,com Davi, que depois que assassinou Urias,o marido de sua amante,sentiu uma culpa avassaladora,que estava quase o destruindo.Quando ele não pode mais suportar,quebrou o silêncio e buscou o perdão de Deus,mas Urias não estava mais presente para ouvi-lo,ele havia sido morto havia quase um ano. Então,Davi falou com Natã o profeta,e derramou seu coração dizendo : ‘Eu pequei’. Natã ouviu pacientemente e depois o disse : ‘o senhor perdoou o seu pecado’(2 Sm 12:13). Siga o exemplo de Davi e vá em frente com confiança.

domingo, 10 de julho de 2011

O verdadeiro Cristianismo é outro



        O Deus da cruz não faz mais tanto sucesso quanto deveria, o Deus salvador de Jesus que, não tinha nem, onde encostar a cabeça, não é muito popular entre muitas denominações e seitas.
      A mensagem de salvação e libertação, a riqueza teológica, e o tesouro da fé que, espera, confia e transcende a mera existência nesta terra, fica em segundo plano. É fácil constatar essa verdade, a partir de uma simples caminhada pelas ruas de nossas cidades e nas periferias. Igrejas do tipo empreendimento individual (comércio da fé) que se prolifera e ganha adeptos aos milhares . Ex: igreja do Pastor fulano, culto de cura e finanças, culto dos empresários, onde abertamente se prega a teologia da prosperidade sem nenhum pudor, estratégias que deixam os mais conceituados marqueteiros com inveja, culto dos solteiros, culto dos separados, culto dos endividados, culto das curas divinas onde a moeda de troca é o dinheiro, mas pode ser também, o relógio o anel, o cordão de ouro e até o cartão de crédito ou débito entre outros. Propaganda do tipo: pare de sofrer, venha ser feliz com agente, venha se  libertar de todos os problemas financeiros, entre outros, sem falar da igreja tal que inclusive tem como propaganda a foto do individuo que, diga-se de passagem, se auto intitula apóstolo.
      Hoje o evangelho da promessa do sucesso financeiro, da casa própria, do carro novo, do apartamento, da conta bancária, da empresa próspera, da saúde e da libertação de todos os problemas, atrai a milhares, por ser, estrategicamente direcionado para uma clientela de homens que, cada vez mais, buscam soluções rápidas e imediatas para problemas, intrínseco a vivencia do homem nesta terra e situações ligadas ao desenvolvimento ao capitalismo que privilegia o capital em detrimento ao homem. E o cristo dos pobres humildes,sofredores e simples torna-se cada vez mais esquecido. O Jesus humilde dos pequenos, que se faz homem nasce na miséria e vive a condição humana mais simples da sua época,hoje é esquecido e falsamente professado por a teologia da prosperidade. Basta ligar a TV,o que se ver nas igrejas é um culto à prosperidade capitalista,devorando as famílias pedindo,arrancando e fazendo a cabeça de milhões de pessoas com a promessa de terem o dobro daquilo que doam,de terem 3 empregos,5carrosna garagem etc. São doações em depósito,cheque,dinheiro,carnês,cartão,e de boa fé os prosélitos enchem os cofres dos “empresários-pastores”.Não se fala em outra coisa nos cultos dessas seitas diversas espalhadas a cada galpão ou a cada esquina,que estão a cada dia dizimando as famílias cristãs divergindo e distorcendo os verdadeiros ensinamentos do senhor Jesus que sempre fica reduzido a um simples remédio de farmácia para as diversas peripécias da vida e aos vários problemas financeiros da vida de pessoas que se sentem arruinadas em seus empreendimentos.
      Posso citar aqui uma dezena de lideranças ou donos dessas “igrejas” que possuem patrimônio financeiro superior ao de muitos grandes empresários brasileiros. Bens, como mansões, iates, helicópteros, aviões, rede de telecomunicações, editoras , contas no exterior e empresas que atuam nas mais diversas áreas, são quase que normais e corriqueiras para esse grupo seleto.Alguns também trabalham por metas de arrecadação de dízimos e oferta que deixariam qualquer gerente comercial sonhando em ter uma equipe tão focada e eficaz.
      A plenitude da vivência cristã passa pelo crucificado, passa pelo: tomar a cruz e seguir. Cristo veio ao mundo para salvar o homem, visto que,  até o momento da encarnação do verbo,  a eternidade não era uma realidade para o povo, Jesus  do alto da cruz Nos ensinou que é preciso haver um relacionamento de amor, aceitação, coragem, desprendimento, perseverança e renúncia no seguimento de Cristo. Jesus não promete benefícios nem favores individuais aos que o seguiam, (ver história dos apóstolos, mortes, martírios, decapitação entre outros) mas promete a vida eterna que é o centro e objetivo da vida cristã.  Não negamos com isso os milagres operados na vida de tantos por esse mundo afora, mas, esses milagres sempre são concedidos em virtude a salvação do indivíduo. Quero apenas refletir e lançar luz sobre a atitude mercadológica, sectária, perversa e direcionada de, comprar e vender o que não se compra com dinheiro, e que e dom gratuito de Deus, e denunciar o que nunca foi, e jamais será o cristianismo genuíno pregado nestes dois mil anos e vivido em plenitude por muitos santos declarados ou não pela Igreja de Cristo, Uma Santa Católica e Apostólica.
      Somente o conhecimento e a verdadeira conversão do coração, poderão, libertar os filhos de Deus dessa lógica de mercado, desses balcões de negociação que levam os corações humildes a crer que, doando uma grande quantia financeira, moverão a mão de Deus em seu favor, ou poderão de alguma forma, comprar ou negociar o favor, a graça e a misericórdia divina. É dever de cada um, denunciar esse conluio de mentes astuciosas, demoníacas e maquiavélicas, que, como lobos, arrebanham almaEscrevers simples, e criam um ambiente de alienação e manipulação de pessoas necessitadas e carentes das mais diversas demandas espirituais e temporais, e que no entanto necessitam de um encontro com o verdadeiro e único e soberano senhor JESUS CRISTO.